Olhar Criativo S01E05 | Ame o Tucunduba (Micaela Vlentim)

Olá Estranhos, hoje tem Olhar Criativo!

Esses dias tive a oportunidade de conhecer o Ame o Tucunduba, uma iniciativa que surgiu em 2016,  formada por sete jovens mulheres moradoras de diversos bairros de Belém.

O Ame tem por missão é facilitar o acesso a informação sobre águas urbanas e promover a interação dos cidadãos com as bacias hidrográficas de Belém. Atuando de forma inovadora e participativa. Buscando uma cidade mais sustentável e inclusiva.

Elas, abraçaram esse importante rio de nossa cidade, que corta mais de quatro bairros, mas ainda sim é deixado de lado. Esse olhar diferente sobre a nossa cidade é o que nos chama a atenção. Conversamos bastante com a Micaela, sobre o assunto, e podemos ver que o que elas estão fazendo é apenas o começo, que ainda tem muito a ser feito.

É engraçado como muitos de nós passamos por pelo Tucunduba, ou outro rio, ou outro lugar de nossas cidades e não percebemos a importância que ele tem. Talvez por se tornar cotidiano, ou por conta do descaço que já existe antes de nós. Ou simples de fato de muitas vezes estarem em áreas periféricas. Mas esse rio é tão importante, que o que acontece com ele, influencia diretamente em toda a cidade. E virar as costas para rio, faz com que viremos as costa para parte de nossa história.

O Rio Tucunduba, durante muito tempo foi entrada de mercadoria e forma de transporte em nossa cidade. Pessoas vinham das ilhas e vinham fazer compra as margens do rio. Temos a famosa canção, “Esse rio é minha rua”, mas parece que cada vez menos isso é esquecido. Já houveram Batismo nas águas do Tucunduba, crianças tomando banho.

Mas o que nós buscamos aqui é o “Olhar Criativo”, aquele olhar que transforma, e que não se contenta com apenas a composição visual que nos é transmitido. É olhar vida, aonde temos apenas o caos, é transformar mesmo que em pequenas atitudes. Kevyn Lynch em seu livro “Imagem da Cidade”, ele destaca a maneira como percebemos a cidade e as suas partes constituintes, definindo que os elementos que as pessoas utilizam para estruturar sua imagem da cidade podem ser agrupados em cinco grande tipos: caminhos, limites, bairros, pontos nodais e marcos.

O Rio Tucunduba, é um marco em nossa cidade, virar as costas para ele e esperar que aos poucos ele vá morrendo e sumindo é perder nossa identidade. O Trabalho do AME o Tucunduba, é impedir que isso aconteça.

Esse é o Primeiro Vídeo que nós fizemos com elas, ainda tem mais um que vai ser muito bom, para abrir nosso olhar para essa problemática e quem sabe ajudar a mudar essa história. Espero muito que gostem do vídeo, entre em contato com elas através de suas redes sociais.

Hoje, não quero encerrar como de costume, mas quero dizer Até a Próxima e O TUCUNDUBA RESISTE.

Ame o Tucunduba – @ameotucunduba
Facebook: facebook.com/ameotucunduba

ameotucunduba@gmail.com

Rolé do Ateliê # 21| Ogro Burguer

Olá estranhos, tudo bem? hoje é um dia de ser feliz, dia de sair para comer boa comida. E outro dia fomos convidados para conhecer o Ogro Burguer’n Grill. e fomos surpreendidos, com o sabor e com o local.

Vamos para nossa analise do Ambiente, o local segue a proposta do nome, me senti entrando em uma lanchonete dos Flinstones, sabe aquelas rodas de pedra? então temos umas pedras compondo a fachada, foi minha primeira referência. Mas o local não é grande, mas usaram bem esse conceito do ogro, percebi que tiveram cuidado no mobiliário, fizeram uma composição com madeira de demolição e pés de vergalhões, bancadas seguem a mesma linha, e destaque para luminária, desenhada pelo próprio design, que ficou muito bonita mesmo. Minha única reclamação, é que como o espaço é pequeno, acaba que fica muito barulho, muita gente falando em um espaço pequeno, então temos que falar muito alto. Aí todo mundo falando alto, já viu não é? Mas, no demais, muito bacana a decoração, e ainda vem muita coisa nova.

O atendimento, é o esquema americano mesmo, você vai lá no caixa faz o seu pedido, paga e come. Sem a necessidade de garçons. Mas tem pontos positivos e negativos nisso. Vamos pro positivo, acho que nós estamos um pouco mal acostumado, em ter que ser atendido, mas esse esquema é bem dinâmico, você pode ir lá e pegar sua comida, quando bem organizado fica bem mais rápido, e você come mais rápido. Ponto negativo, é que poderia ter uma comanda, você faz seu pedido e anota ali na comanda, no final você paga. Nesse esquema, toda vez que a gente quer uma coisa, tem que pagar, então imagina um cartão de crédito e você quer pagar somente uma coca? Toda vez tem que passar a senha, e por aí vai, mas se a visa quiser me mandar aquela pulseira, que só encosta o braço na máquina, e debita, não reclamo mais!!! Visa me patrocina!!!! Não viu ainda? se liga na tecnologia (aqui).

No entanto, gostei de um detalhe, em toda lanchonete fast food, a gente tem que ter consciência que a gente tem limpar a nossa bancada, inclusive na praça de alimentação do shopping, por que ninguém é obrigado a limpar sua mesa ok? lembre-se que outra pessoa vai sentar na sua mesa, e não temos garçons para fazer limpeza (só uma dica tá? me senti um tiozão). Mas lá mesmo não tendo garçons, eles tão sempre preocupado com sua mesa,  e lhe dão atenção, deixa sempre bem limpas.

A melhor parte, vamos falar da comida. O preço varia de R$18 a R$70, o mais em conta é o Ogrinho (18), um burguer de 150g. Todas as opção tem a base de um chessburguer, pão carne, alface, queijo e picles. Aí você pode adicionar os extras, como bacon, queijo prato, cebola caramelizada, vinagrete e calabresa, o que vai gerando um adicional no valor. Um outra opção de hambúrguer, super diferente é o Pastrami Tirano (28), feito com pastrami, que é um tipo de corte de carne magra, que fica em processo de cura, por mais ou menos 20 dias, muito bem temperada. E se você gosta de porco prove o Grizzle( 26), é o mesmo conceito só que com porco. Provei separadamente o Pastrami e o Grizzle, muito bom. Eles fazem seu próprio pastrami e grizzle, com carne que eles escolhem pessoalmente, e com um tempero bem forte, e saboroso. Eles fazem tudo isso através do @morelligastronomia, sigam lá também. Eu fiquei imaginando umas receitas bem interessantes, inclusive espero fazer aqui um dia.

Se você gosta, de hot dog, tem a opção do Dog Calabria(15). Uma curiosidade, tanto o calabria quanto o tirano, é uma inspiração na origem italiana do cheff. Provei, além da salada com Pastrami e Grizzle, (detalhe para o picles, muito bom), não está no cardápio, então me senti importante. Mas provei, o Ogro (24), vem com 200g de carne, com adicional de bacon, e também um outro Ogro, com adicional de calabresa e bacon. A carne é muito suculenta, você não tem muito sal, até por que se você adicionar o bacon e a calabresa, ele completa perfeitamente o sabor, sem ficar extremamente salgada. Da pra sentir o gosto que a carne foi feita na grelha, e sério  isso faz toda a diferença. O detalhe para o blend, de carne que o chef faz questão de preparar pessoalmente.

Provamos também batata canoa, e também tem a opção de batata rústica, não tava no cardápio por isso não sei o preço, mas já deve ta no cardápio. Eu tenho uma crítica negativa, é que tudo foi feito com esmero, e bem artesanal, mas na hora do molho, os molhos eram todos industrializados. Então poderia seguir a mesma linha, uma maionese caseira, um catchup artesanal, até o barbecue, dá um pouco mais de trabalho. Mas gostaria muito de ver esse zelo todo também nesses molhos, pois sei que seria maravilhoso também.

Fiquei encantado com o sabor, e com a boa conversa com os chefes. Dou agora um desafio para todos. Eles tem um hamburgue de 500g, Ogrão, que tem um super desafio, “man vs food”. Você tem que comer ele inteiro, sem levantar da mesa, e não pode deixar nada. Você vai ganhar além do certificado de Ogro Honorário, não vai pagar o lanche e ainda ganha um mês de desconto. Será que eu consigo? seria muito bom filmar uma parada dessa não é mesmo? Acho que vou encarar qualquer dia.

Então é isso, minha dica de local é conhecer o Ogro Burguer, vale a pena não só por tudo isso, mas realmente o sabor é muito diferenciado. Eu preciso muito voltar lá, e com toda certeza voltarei mais vezes. Já entrou nos meus top cinco lugares em Belém. Vou deixar minha avaliação, e espero que gostem do vídeo. Sigam nossas redes sociais para saber tudo o que está acontecendo em Belém e VAMOS CRIAR.

Atendimento: ⭐️⭐️⭐️⭐️

Ambiente: ⭐️⭐️⭐️⭐️

Comida: ⭐️⭐️⭐️⭐️⭐️

 

 

Ogro Burguer
Instagram: @ogroburgersngrill
Morelli Gastronomia
@morelligastronomia

Ateliê Criativo S02E22 | Porque contratar um Arquiteto?

Olá estranho, no vídeo de hoje vamos falar sobre a importância de contratar um arquiteto.
Quando a gente começa a pensar em reformar ou construir pensamos em muitos detalhes, e muitas vezes esquecemos do principal, o profissional. Mas aí você dizer, Kenny eu gosto de eu mesmo pensar no ambiente, gosto de fazer o DIY. Mas mesmo que você fale isso, você precisa chamar um profissional.
Um profissional vai lhe dar um outro olhar sobre o seu ambiente, e até fazer com que tudo aquilo que você está planejando se torne possível. Se for um arquiteto igual a mim, vamos fazer muitos DIY, juntos rsrsr (fazendo propaganda). Mas um bom profissional vai tornar sua obra viável e fazer com que não haja desperdício, na sua obra e buscar sempre a qualidade.
Muita gente fala, que arquiteto faz você gastar o dobro do que você planeja. Um bom arquiteto, vai sempre se preocupar que o projeto caiba em seu bolso, e fique tudo perfeito.
Então se liga no vídeo, que vale muito a pena tirar essas dúvidas. Ajude o canal a crescer, curta e compartilhe o vídeo. Deixe suas dúvidas e VAMOS CRIAR!

Música da Semana | Marcos Almeida – Esperar é Caminhar

Eu acho até que já coloquei essa música no blog, mas vale a pena repostar. Mas existe um porque, dessa música por aqui no Blog. Ontem vi um filme, que não tem nada haver com a canção, que ficou “matutando” na minha cabeça, até agora. Eu vi o filme Waffle Street, um filme que é classificado com quase duas estrelas no Netflix, e tem os atores mais B e C, que vi nos últimos anos.

Um filme baseado em fatos reais, conta a história de um jovem, que passou a vida toda se preparando para ser o melhor agente de Bolsa de Valores, e no momento que estava no auge, perdeu o emprego. E se viu em um momento de grande mudanças em sua vida, como todo filme, mostra a superação do personagem principal ao longo da história.

É engraçado, como parece cliche. Mas me chamou a atenção, foi o momento de autodescoberta, em que muitas vezes lutamos por algo, corremos e fazemos tudo para ser o melhor no que fazemos. Mas existe aquele momento, em que tudo para, é como diz a música “Quando espero o fogo arder…Ouço a brisa suave”. As vezes a gente pensa que chegamos no mais alto de nossa vida, não temos mais nada para conquistar, e de repente nos vemos totalmente sem chão. Quando chegamos nesse ponto, parece que nada faz sentindo, e esperamos que algo ainda maior aconteça para nos tirar dali… e é nessa hora, que vem algo totalmente diferente.

Aqui, as coisas estão mudando de forma tão grande, que eu me apeguei em pequenos detalhes nesses filme. Não é o melhor filme da história, os atores parecem eu quando fazia peça de teatro, ou igual ao Cigano Igor, ta bom sou velho né? Mas me fez lembrar, dessa canção de como Deus sempre nos impressionar, e sempre estar ali para nos surpreender, e dizer que “Esperar também é caminhar”.

Espero que sua semana seja cheia de grandes conquistas, e se você estiver no mesmo processo que eu, saiba que Estamos Juntos. Um grande abraço e VAMOS CRIAR.