Olhar Criativo S01E05 | Ame o Tucunduba (Micaela Vlentim)

Olá Estranhos, hoje tem Olhar Criativo!

Esses dias tive a oportunidade de conhecer o Ame o Tucunduba, uma iniciativa que surgiu em 2016,  formada por sete jovens mulheres moradoras de diversos bairros de Belém.

O Ame tem por missão é facilitar o acesso a informação sobre águas urbanas e promover a interação dos cidadãos com as bacias hidrográficas de Belém. Atuando de forma inovadora e participativa. Buscando uma cidade mais sustentável e inclusiva.

Elas, abraçaram esse importante rio de nossa cidade, que corta mais de quatro bairros, mas ainda sim é deixado de lado. Esse olhar diferente sobre a nossa cidade é o que nos chama a atenção. Conversamos bastante com a Micaela, sobre o assunto, e podemos ver que o que elas estão fazendo é apenas o começo, que ainda tem muito a ser feito.

É engraçado como muitos de nós passamos por pelo Tucunduba, ou outro rio, ou outro lugar de nossas cidades e não percebemos a importância que ele tem. Talvez por se tornar cotidiano, ou por conta do descaço que já existe antes de nós. Ou simples de fato de muitas vezes estarem em áreas periféricas. Mas esse rio é tão importante, que o que acontece com ele, influencia diretamente em toda a cidade. E virar as costas para rio, faz com que viremos as costa para parte de nossa história.

O Rio Tucunduba, durante muito tempo foi entrada de mercadoria e forma de transporte em nossa cidade. Pessoas vinham das ilhas e vinham fazer compra as margens do rio. Temos a famosa canção, “Esse rio é minha rua”, mas parece que cada vez menos isso é esquecido. Já houveram Batismo nas águas do Tucunduba, crianças tomando banho.

Mas o que nós buscamos aqui é o “Olhar Criativo”, aquele olhar que transforma, e que não se contenta com apenas a composição visual que nos é transmitido. É olhar vida, aonde temos apenas o caos, é transformar mesmo que em pequenas atitudes. Kevyn Lynch em seu livro “Imagem da Cidade”, ele destaca a maneira como percebemos a cidade e as suas partes constituintes, definindo que os elementos que as pessoas utilizam para estruturar sua imagem da cidade podem ser agrupados em cinco grande tipos: caminhos, limites, bairros, pontos nodais e marcos.

O Rio Tucunduba, é um marco em nossa cidade, virar as costas para ele e esperar que aos poucos ele vá morrendo e sumindo é perder nossa identidade. O Trabalho do AME o Tucunduba, é impedir que isso aconteça.

Esse é o Primeiro Vídeo que nós fizemos com elas, ainda tem mais um que vai ser muito bom, para abrir nosso olhar para essa problemática e quem sabe ajudar a mudar essa história. Espero muito que gostem do vídeo, entre em contato com elas através de suas redes sociais.

Hoje, não quero encerrar como de costume, mas quero dizer Até a Próxima e O TUCUNDUBA RESISTE.

Ame o Tucunduba – @ameotucunduba
Facebook: facebook.com/ameotucunduba

ameotucunduba@gmail.com
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s