Música da Semana: Natália Matos – Você me ama, mas

Sabe aquele momento em que você está trabalhando tranquilo, então toca uma música que lhe chama a atenção, e você precisa parar para ouvir com calma. Foi isso que aconteceu com a Música dessa Semana. “Você me ama, mas” da Natália Matos.

A primeira vez que ouvir a Natália, foi em um ensaio aberto da Ná Fiqueredo (loja em Belém) e me chamou a atenção o seu estilo e voz suave, com um toque bem paraense, deixa ainda mais delicado a letra desta música. O clipe é impecável, com uma fotografia e cenário que me deixaram muito feliz, ao ver um belo trabalho como este.

Natália Matos, junto com Luê Soares, Camila Honda, Ayla Magalhães, Strobo e outros, fazem parte de uma geração de músicos paraenses, que estão tendo um destaque muito legal fora de Belém. Ela morou oito anos em São Paulo dividindo-se entre estudos em Canto Popular, Arquitetura (aí ganhou ainda mais toda minha admiração, esses arquitetos que não se contentam em fazer apenas uma coisa), rodas de samba choro, e shows interpretando Aracy de Almeida, Adoniran e cantoras da Era do Rádio. Seu album de estreia, “Natália Matos” foi em 2014, após participar do Terruá Pará, Com produção de gente de peso  como Guilherme Kastrup e participações de Zeca Baleiro, Rodrigo Campos, Kiko Dinucci e Felipe Cordeiro, que mostrou a todos esse estilo próprio da cantora, unindo a estranheza pop de São Paulo com o suingue irresistível do Pará.

Então esta minha Música da Semana, aqui no AG, espero que você goste da música e VAMOS CRIAR.

Você quer conhecer mais sobre a Natália Matos só acessar o site: http://www.nataliamusica.com

Você Me Ama, Mas – Natália Matos

Você me ama, mas

Me tira a inspiração

Você deseja, mas

Sempre me dá razão

Tente brigar comigo dessa vez

Não venha me curar o coração

Ainda preciso sofrer pra compor

Tô precisando sofrer pra compor

Tô precisando sofrer pra compor com o céu

Sei que reclamo até

Virar insensatez

Tudo que fiz outrora

Agora se desfez

Vá por um tempo e volte amanha

Faça o que manda o meu coração

Ainda preciso sofrer pra compor

Ainda preciso sofrer pra compor

Tô precisando sofrer pra compor com o céu

Tá bom que você orna com a minha cama

Que dentro dessas horas de demora a gente ama

Mas olha que o tempo desespera

E ainda perco tempo pra escrever

Todo esse drama

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s